PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

FAB atira contra aeronave com 500 kg pasta de cocaína; suspeitos fogem

Avião com 500 kg de cocaína é interceptado pela FAB e faz pouso forçado - Reprodução/fab.mil.br
Avião com 500 kg de cocaína é interceptado pela FAB e faz pouso forçado
Imagem: Reprodução/fab.mil.br

Do UOL, em São Paulo

03/07/2022 18h26

A FAB (Força Aérea Brasileira) disse hoje ter interceptado uma aeronave de pequeno porte que entrou no espaço aéreo brasileiro sem autorização. A ação ocorreu por volta do meio-dia, entre os estados de Mato Grosso do Sul e de São Paulo. No avião foram encontrados 500 kg de pasta base de cocaína. Ninguém foi preso.

Segundo a corporação, os agentes de defesa aérea tentaram inicialmente o contato com o piloto da aeronave, mas não obtiveram resposta. A aeronave foi então classificada como suspeita.

Na sequência, os pilotos da FAB ordenaram a mudança de rota e o pouso obrigatório em aeródromo específico. Porém, mais uma vez o piloto do avião suspeito não obedeceu.

A partir daí, seguindo o protocolo, a defesa aérea brasileira reagiu com o chamado "tiro de aviso". Pela terceira vez, o piloto do avião não respondeu e as autoridades brasileiras passaram a considerá-lo "hostil", realizando em seguida o "tiro de detenção".

Após a execução do disparo, a aeronave —que não tinha plano de voo e entrou no espaço aéreo do Brasil pela fronteira de Mato Grosso do Sul—, fez o pouso forçado entre as cidades de Jales e Pontalinda, no estado de São Paulo.

Duas pessoas fugiram antes da chegada dos policiais e na aeronave foram encontrados em torno de 500 kg de pasta base de cocaína.

Cotidiano