Conteúdo publicado há 30 dias

Cuidadora é investigada por agredir idoso de 92 anos em clínica no RS

Um idoso de 92 anos foi agredido em uma clínica em Veranópolis (RS). Uma cuidadora foi presa em flagrante e liberada após audiência de custódia. A ocorrência aconteceu na terça-feira (11).

O que aconteceu

A mulher foi flagrada por câmeras de segurança forçando o idoso a engolir um remédio e o empurrando contra a cama. A cuidadora, que não teve a identidade divulgada, chegou a ser presa em flagrante por tortura qualificada, mas acabou sendo liberada após audiência de custódia.

Cuidadora fecha a boca e o nariz do idoso durante agressão. Para não cuspir o medicamento, a mulher chega a empurrar o homem, de 92 anos, contra a cama. Uma pessoa presencia a agressão.

Mulher negou agressões. De acordo com a polícia, ela alegou que o idoso estava agressivo e que urinou nela. O UOL não conseguiu contato com a defesa da mulher, já que ela não foi identificada. O espaço segue aberto para manifestação.

Clínica encaminhou denúncia à polícia. O dono do centro de geriatria, que prefere não se identificar, relatou à reportagem que encaminhou o caso para a polícia assim que tomou conhecimento das imagens. Ele disse, ainda, que a família do paciente entrou em contato com o centro para pedir que o vídeo das agressões não seja compartilhado — o homem aparece nu e em situação de vulnerabilidade no registro.

Idoso passa bem e mulher será investigada

O idoso teve escoriações, mas passa bem. Ao UOL, a clínica responsável pelos cuidados do homem informou que ele está bem de saúde e se encontra na unidade sob cuidados.

Mulher vai ser investigada por outras supostas agressões. O delegado que investiga o caso, Thiago Baldin, confirmou que realiza diligências para saber sobre e recorrência das agressões e a conduta da cuidadora - que trabalhava na clínica geriátrica há um mês. Apura-se, ainda, outra passagem da mulher pela polícia por lesão corporal.

Deixe seu comentário

Só para assinantes