UOL EconomiaUOL Economia
UOL BUSCA

04/01/2006 - 10h30

Preços administrados pelo governo sobem 3,5 vezes mais que os outros

Da Redação
Em São Paulo
O maior peso da inflação nos últimos dez anos foi o dos preços administrados por órgãos governamentais -como tarifas de energia, telefone, ônibus, gasolina e planos de saúde. Eles subiram mais que o triplo em relação a outros itens.

Os dados fazem parte de um estudo da Secretaria de Acompanhamento Econômico (Seae) do Ministério da Fazenda e foram divulgados pela Agência Brasil, órgão oficial de informação do governo federal.

Entre maio de 1995 e novembro do ano passado, os preços administrados tiveram alta de 339%. A lista inclui energia elétrica, telecomunicações, transporte urbano, saneamento, planos de saúde e derivados de petróleo.

A alta verificada nos outros preços, chamados de livres, que não sofrem nenhum tipo de regulação, como alimentos, roupas e eletrodomésticos. foi de 93% no mesmo período.

Isso sigfinica que os preços administrados subiram mais de 3,5 vezes em relação aos preços livres.

(Com informações da Agência Brasil)

Veja também: