UOL EconomiaUOL Economia
UOL BUSCA

05/10/2006 - 17h36

Argentina impõe condições a um acordo comercial entre EUA e Paraguai

BUENOS AIRES, 5 out (AFP) - O Mercosul está disposto a "flexibilizar sua tolerância" em caso de acordo comercial entre Estados Unidos e Uruguai, desde que este não prejudique a união aduaneira, disse nesta quinta-feira o secretário das Relações Econômicas da Chancelaria argentina, Alfredo Charadía.

"Estamos preparados para flexibilizar e estender nossa tolerância para que o Uruguai possa ter um acordo com um terceiro na medida em que não cause impacto indevido sobre a construção futura do Mercosul e não conceda a terceiros mais do que no interior do bloco", afirmou Charadía em entrevista à imprensa.

Uruguai e Estados Unidos lançaram negociações para assinar um Acordo Marco de Comércio e Investimentos (Tifa, por sua sigla em inglês), após a reunião da Comissão Conjunta para o Desenvolvimento do Comércio e os Investimentos (CCCI), realizada na segunda e na terça-feira em Montevidéu.

Após sua viagem ao Uruguai, a delegação liderada pelo representante americano de Comércio para as Américas, Everett Eissenstat, passou por Buenos Aires para se reunir com Charadía e empresários de seu país radicados na Argentina.

O diplomata argentino falou que não conversou sobre a possibilidade de a Argentina avançar num tratado como este com os EUA, em seu encontro com o funcionário americano.

Shopping UOL