! Air China inaugura rota entre Pequim e Lhasa, no Tibet - 07/07/2006 - EFE - Economia
UOL EconomiaUOL Economia
UOL BUSCA


Últimas Notícias


07/07/2006 - 11h30
Air China inaugura rota entre Pequim e Lhasa, no Tibet

Pequim, 7 jul (EFE).- A companhia aérea chinesa Air China inaugura nesta segunda-feira uma rota sem escalas entre Pequim e Lhasa, segundo a agência "Xinhua".

O vôo direto terá quatro horas de duração e custará aproximadamente 2.430 iuanes (US$ 304).

A nova oferta da Air China coincide com a recém inaugurada rota ferroviária entre Qinghai e Tibet, a mais alta do mundo, e com a abertura das rotas aéreas Pequim-Xian-Lhasa (Hainan Airlines) e Xangai-Xian-Lhasa (China Eastern Airlines).

Espera-se que, com a nova linha ferroviária, o turismo no Tibet chegue aos 400 mil visitantes por ano. Destes, calcula-se que cem mil continuarão chegando de avião à região, segundo as autoridades turísticas do Governo tibetano.

A maioria dos turistas chineses que viajam ao Tibet mora nas regiões mais desenvolvidas (Xangai, Pequim, Cantão e Hong Kong) e no centro do país (Chengdu e Chongqing).

As viagens à capital budista continuam sendo estritamente controladas pelo Governo chinês. Para viajar ao Tibet, deve-se solicitar uma permissão especial, no caso de estrangeiros, ou viajar em grupos organizados, para os chineses.

Além do avião e do trem, pode-se chegar a Qinghai de carro, mas as estradas em péssimo estado fazem com que essa alternativa não seja muito atrativa para os turistas.