UOL EconomiaUOL Economia
UOL BUSCA

11/09/2007 - 15h19

Mercedes venderá carro elétrico a partir de 2010

Por Michael Shields

FRANKFURT (Reuters) - A Mercedes-Benz iniciará dentro de três anos a produção em série limitada de um pequeno carro movido por uma célula combustível de hidrogênio livre de emissões poluentes, anunciou a montadora de luxo DaimlerChrysler nesta terça-feira.

Uma produção em pequena escala do B-class F-Cell será iniciada no início de 2010, afirmou a montadora na Feira de Automóveis de Frankfurt, como parte da campanha para melhorar a imagem ambiental da empresa.

A montadora está decidindo como colocar no mercado um carro que custará muito mais que os concorrentes convencionais, disse Thomas Weber, líder do grupo de pesquisa e chefe de desenvolvimento da Mercedes.

O motor elétrico do novo B-Class terá uma potência de 136 HP e performance equivalente a um motor 2.0 comum. As células de combustível usam a interação entre o hidrogênio e o oxigênio para gerar energia elétrica e alimentar carros emitindo apenas vapor d'água, mas isso ainda não é comercialmente viável.

Os defensores de tal tecnologia acreditam que até 2050 o número de carros usando a célula de combustível deverá crescer até 350 milhões em todo o mundo.

Mas enquanto a tecnologia continua progredindo, o custo ainda é muito alto e não se encontram muitos lugares para o motorista encher o seu tanque de hidrogênio.

Os preços têm de cair drasticamente para que os compradores passem a usar automóveis movidos a hidrogênio, pois a história mostra que os consumidores não pagarão mais por veículos com performance igual aos que já estão na rua.

Shopping UOL