! Intelig lança provedor com distribuição de prêmio por tempo de conexão - 04/07/2005 - Valor Online
UOL EconomiaUOL Economia
UOL BUSCA


Últimas Notícias


04/07/2005 - 10h12
Intelig lança provedor com distribuição de prêmio por tempo de conexão

SÃO PAULO - A Intelig Telecom lançou seu provedor de acesso gratuito na última sexta-feira, a exemplo do que já fazem todas as operadoras com o fim de atrair para si o tráfego de telefonia usado nas conexões. A companhia, colocada à venda pelos sócios desde 2002, anunciava a intenção de ter seu próprio provedor desde o início do ano passado.

Para atrair o internauta em meio a tantas ofertas de acesso grátis, a operadora criou uma moeda virtual - batizada de Piii - pela qual remunera o usuário pelo tempo de conexão. Cada hora conectado no provedor Inteligweb garante 0,23 Piii, ou R$ 0,23.

O dinheiro acumulado pode ser trocado por brindes nos sites de parceiros. A companhia informa no site que a lista inclui 120 mil produtos, entre CDs, DVDs, livros e ingressos para cinema. Os parceiros incluem Americanas.com, Pão de Açúcar, C & A e rede Cinemark, mas a companhia promete incluir mais nomes.

Além da conexão em banda estreita via discador, o Inteligweb promete 1 GB de espaço virtual, que o internauta pode usar entre álbum de fotos, e-mail e agenda virtual, por exemplo. Para dar suporte ao usuário, a operadora criou um sistema de atendimento online, em tempo real, como um " chat " .

Em março deste ano, a Intelig informou investimentos de R$ 20 milhões para ampliar e modernizar sua rede, que foi montada em 1999 e já absorveu, até agora, gastos de R$ 2,8 bilhões. Por meio de contrato com a chinesa Huawei, ela quintuplicou a capacidade da rede, além de incluir atualizações nos equipamentos existentes.

Os investimentos foram feitos com a própria geração de caixa, já que os sócios - National Grid, France Telecom e Sprint - não aportam mais recursos na companhia. A ampliação e modernização da rede já previa o lançamento do provedor e de serviços de voz sobre o protocolo internet (IP).

Desde 2004 a Intelig parou de informar sua receita bruta no país, que nos dois anos anterior ficou em cerca de R$ 1 bilhão anuais.

(Taís Fuoco | Valor Online)