! Bradesco compra controle do Banco do Estado do Ceará por R$ 700 milhões - 21/12/2005 - Valor Online
UOL EconomiaUOL Economia
UOL BUSCA


Últimas Notícias


21/12/2005 - 16h29
Bradesco compra controle do Banco do Estado do Ceará por R$ 700 milhões

SÃO PAULO - O Bradesco arrematou o bloco de controle do Banco do Estado do Ceará (BEC) em leilão encerrado há pouco na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). O lance vencedor foi de R$ 700 milhões, que representa ágio de 28,98% sobre o preço mínimo de R$ 542,7 milhões. Além do Bradesco, Itaú, Unibanco e Banco GE Capital estavam oficialmente na disputa pela compra do banco.

Na primeira fase do leilão, onde as ofertas foram feitas por envelopes, apenas duas instituições fizeram ofertas: o GE Capital ofereceu R$ 542,8 milhões, enquanto o Bradesco ofertou R$ 561 milhões. Diante da diferença inferior a 20% entre as duas propostas o leilão prosseguiu na disputa viva-voz. O Bradesco arrematou o banco cearense após dez ofertas no viva-voz.

No leilão de privatização do BEC, foi ofertado um bloco de 82.459.053 ações ordinárias, equivalente a 89,17% do capital social do banco cearense.

Uma briga judicial adiou diversas vezes a privatização do banco - inclusive duas vezes só ontem. O centro da disputa é a administração das contas do governo cearense pela instituição privada compradora do BEC. Ações questionando a legalidade da transferência dessas contas para um banco privado tramitaram no Supremo Tribunal Federal (STF) e geraram liminares - depois cassadas - que suspenderam o leilão.

A decisão que permitiu a venda hoje partiu da ministra Ellen Gracie, que cassou a liminar impedindo a operação dada ontem pelo ministro Marco Aurélio Mello.

(Fernando Nakagawa | Valor Online)