! Carrefour e CVC irão vender viagens no supermercado - 19/07/2006 - Valor Online
UOL EconomiaUOL Economia
UOL BUSCA


Últimas Notícias


19/07/2006 - 11h54
Carrefour e CVC irão vender viagens no supermercado

SÃO PAULO - A rede francesa Carrefour vai reforçar sua atuação na área turística. Ontem, a segunda maior varejista do país - que conta hoje com sete lojas de turismo e vende, basicamente, passagens aéreas - fechou uma parceria com a CVC e passa a oferecer cerca de 500 pacotes turísticos.

A bandeira Turismo Carrefour, criada em 2001, será mantida. A CVC irá cuidar da parte comercial e operacional e a marca não será agregada às lojas. A rede de varejo pretende investir R$ 5 milhões no relançamento do seu braço de turismo, cuja meta é atingir 100 lojas - dentro dos hipermercados - ao final de três anos. Atualmente, o Carrefour conta com 135 hipermercados e deve chegar a 150 até o final de 2006. " Nossa vocação é o varejo e, para atingir uma meta desse porte, precisávamos de um parceiro que nos desse suporte " , diz Alexandre Ribeiro, diretor de serviços e novos negócios do grupo.

Até o final deste ano, segundo Ribeiro, o objetivo é abrir 17 lojas Turismo Carrefour. O hipermercado de Taubaté será o primeiro a receber a unidade de turismo da rede depois da parceria. A inauguração deve acontecer em 15 dias e entre os próximos endereços estão Imigrantes, Alphaville, Osasco, Congonhas e Butantã.

Não haverá diferença de preços em relação aos pacotes oferecidos nas 200 lojas CVC. " O diferencial está na conveniência de termos lojas abertas diariamente, das oito às dez da noite, além do uso do cartão Carrefour e da integração com outros serviços, como promoções de revelação de fotos " , explica Ribeiro.

Para a CVC, que deve transportar este ano 1,4 milhão de passageiros, a parceria representa a porta de entrada no grande varejo e a proximidade com milhares de consumidores. " Um dos grandes problemas da indústria de turismo é a distribuição " , diz Valter Patriani, vice-presidente da CVC. " Para nós, vender turismo em supermercado é um sonho. " A estimativa da CVC é vender 20 mil pacotes nas lojas do Carrefour ainda este ano.

A venda de pacotes de viagem tem atraído cada vez mais os varejistas, principalmente por ser um produto que também pode ser vendido a prazo, como roupas e eletrônicos - gerando uma uma receita financeira para as lojas. Na Europa, o varejo tem uma forte atuação no mercado de viagens, como o El Corte Ingles e Auchan.

A C & A foi uma das primeiras a explorar este segmento no Brasil e a fechar uma parceria com uma operadora: a TAM Viagens. Agora, já estão nesse negócio o Submarino, o Carrefour e a Casas Bahia. O primeiro varejista a entrar nesse ramo foi o Pão de Açúcar, em 1974. Além de distribuir, também montava os pacotes e até fretava aviões, como uma operadora. Com a reestruturação do grupo nos anos 90, o negócio foi fechado.

Para o varejo alimentar, o reforço da área de serviços e outros negócios, como farmácias e postos de gasolina, é visto como uma maneira de aumentar a fidelidade do consumidor e oferecer um diferencial. A rede Carrefour opera 49 postos de gasolina e 32 farmácias - pretende atingir 50 atá o final do ano. " Já vínhamos focando nos postos e as farmácias, faltava reestruturar o turismo " , diz Ribeiro. " Criar o projeto e colocar na loja não significa que vai funcionar, mas definimos uma estratégia muito clara. "

A idéia de criar a Turismo Carrefour foi importada da França, onde desde existe desde 1990 a Vacances - que está entre as dez maiores agências do país, com cerca de 100 lojas. No Brasil, a divisão de turismo da varejista nasceu para reduzir as despesas da companhia com viagens.

(Daniela D´Ambrosio | Valor Econômico)