UOL EconomiaUOL Economia
UOL BUSCA

08/11/2006 - 14h22

Lucro líquido da EADS, controladora da Airbus, cai 33% em nove meses

SÃO PAULO - As dificuldades com o programa do superjumbo A380 da Airbus e a desvalorização do dólar frente ao euro reduziram em um terço o lucro líquido consolidado da European Aeronautic Defence and Space (EADS) nos primeiros nove meses do ano. Entre janeiro e setembro, o ganho da empresa, controladora da Airbus, foi de 848 milhões de euros, 33% a menos que os 1,271 bilhão de euros registrados em igual período de 2005.

Ainda assim, o faturamento consolidado da companhia registrou crescimento de 17% no período, passando de 23,446 bilhões de euros entre janeiro e setembro de 2005 para 27,469 bilhões de euros em igual intervalo deste ano.

Apesar de a cotação do dólar frente ao euro ter realmente afetado o resultado da empresa nos primeiros nove meses do ano, na verdade o principal motivo para a redução no lucro tem um nome: o programa A380. Com sérios problemas de projeto, a entrega das primeiras aeronaves, que serão as maiores do mundo, foi atrasada em três ocasiões.

Isso minou a confiança dos clientes da empresa, que já começaram a cancelar pedidos, como fez ontem a companhia de entregas rápidas americana FedEx.

(José Sergio Osse| Valor Online)

Shopping UOL