UOL EconomiaUOL Economia
UOL BUSCA

16/03/2007 - 14h50

Geddel toma posse e promete diálogo sobre projeto de transposição do Rio São Francisco

BRASÍLIA - O novo ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima (PMDB-BA), tomou posse hoje e prometeu conversar com a sociedade sobre o projeto de transposição do Rio São Francisco, principal projeto do ministério e que tem sido defendido pelo governo e criticado por algumas entidades e movimentos sociais. "Acho que tem de haver diálogo antes, durante e depois", disse.

Geddel Vieira Lima assumiu o compromisso de fazer a política estabelecida pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mas disse que a integração da Bacia do São Francisco precisa ser explicada para a população. "Para conhecer o projeto e saber que nós precisamos fazer alguma coisa objetiva e concreta para acabar com esse flagelo da seca que ao longo dos anos vem infelicitando os nordestinos", disse.

O novo ministro ponderou, contudo, que a abertura ao diálogo não significa que irá "abrir mão da indelegável procuração que recebemos do povo brasileiro de governar". "Vamos seguir na direção que o presidente da República determinar", concluiu. Geddel assume a pasta no lugar do ministro Pedro Britto, do PSB, que comandava o ministério desde a saída de Ciro Gomes.

Mais cedo, ainda durante a cerimônia de posse, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que a nomeação do Geddel Vieira Lima para a pasta de Integração Nacional é "a consolidação da coalizão política". "A vinda do Geddel é a consolidação junto com outros ministros que já tem o PMDB, e mais outros que vão entrar, de uma coalizão política da qual fazem parte muitos partidos políticos, mais o PMDB, que é o maior partido dentro do Congresso Nacional e tem uma importância muito grande", afirmou, durante a cerimônia, que envolveu ainda a posse dos novos ministros da Saúde e da Justiça

(Agência Brasil)

Shopping UOL