UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

25/05/2004 - 16h22
Países de língua portuguesa têm alto índice de analfabetismo

Da Redação
Em São Paulo


O acesso universal à educação ainda é o maior desafio de sete dos oito países de língua portuguesa. A exceção é Portugal.

Em países como o Timor Leste, o analfabetismo atinge pelo menos 50% da população adulta. Além disso, 25% das crianças e jovens entre seis e 16 anos não freqüentam a escola. Em Angola, a guerra de quase quatro décadas destruiu o sistema educacional. Apesar de pacificado há dois anos, o país tem milhares de pessoas analfabetas e profissionalmente desqualificadas. No Brasil, apesar do avanço nos últimos anos, ainda são 20 milhões de jovens e adultos que não sabem ler nem escrever.

Esse foi um dos temas de debates da reunião preparatória para a 5ª Conferência dos Ministros de Educação da CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, realizada nesta segunda-feira (24/5), em Fortaleza.

"Enfrentar o analfabetismo é o primeiro passo para a inserção de um país no cenário econômico e social", disse a embaixadora Vitória Cleaver, chefe da Assessoria Internacional do MEC.

Nesta quarta-feira (26), Tarso Genro e os ministros da educação de Portugal, Angola, Moçambique, Guiné Bissau, Timor Leste, São Tomé e Príncipe e Cabo Verde assinarão protocolos de intenção para implantar programas que ampliem o acesso às escolas.

Programas brasileiros como o TV Escola, o Programa de Formação de Professores em Exercício (Proformação) e o Programa Nacional de Informática na Educação (ProInfo), vinculados à Secretaria de Educação a Distância (Seed/MEC), e o Censo Escolar, do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), devem ser adaptados à realidade dos países da comunidade.

Está prevista uma aproximação também na literatura. Cada país terá 90 dias para enviar ao Brasil uma lista de autores em língua portuguesa a serem incluídos em uma biblioteca comum. Terão preferência aqueles de domínio público, que não exigem pagamento de direitos autorais. A delegação de Portugal sugeriu a criação de uma biblioteca virtual.

A abertura oficial da 5ª Conferência dos Ministros da Educação da CPLP, que acontece nesta quarta-feira (26) às 9h30, será transmitida ao vivo pela Radiobrás.

As informações são da Agência Brasil






ÚLTIMAS NOTÍCIAS
25/03/2008

16h27- "Salário de professor só aumenta em ano eleitoral", diz ministro

16h19- Acordo ortográfico não tem obstáculo na CPLP, diz Portugal

15h26- Ministro da Educação diz que só um sexto dos alunos chegará à universidade

15h05- Começa sabatina com ministro da Educação Fernando Haddad

12h54- UOL transmite sabatina com ministro da Educação às 15h

12h33- Como a Finlândia fez para ter as melhores escolas do mundo

11h00- MEC classifica 37 municípios como modelos de ensino público

10h52- Cinco pés de maconha são achados em campus da UFSC

10h17- Federal da Paraíba recebe inscrições para vagas remanescentes

09h23- Governo investiga receita de sucesso no ensino de 37 cidades

ÍNDICE DE NOTÍCIAS