PUBLICIDADE
Topo

Inspirado em 'Um Maluco no Pedaço', Holiday lança rap para campanha

Fernando Holiday em clipe de rap para campanha a vereador em São Paulo - Reprodução/Instagram
Fernando Holiday em clipe de rap para campanha a vereador em São Paulo Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

20/10/2020 19h59

O vereador e candidato à reeleição Fernando Holiday (Patriota) lançou hoje uma música em estilo rap chamada "Um Vereas no Pedaço", com clipe inspirado na série "Um Maluco no Pedaço" (1990-1996), estrelada por Will Smith.

A letra conta sua história de vida, explicando que veio de Carapicuíba, cidade na Região Metropolitana de São Paulo, dizendo ser "preto, pobre, pai sumido e que descobriu ser gay". Após isso, faz ironia, afirmando que por esses fatores poderia ter sido do " Psol, da Une (União Nacional dos Estudantes), PT ou PCdoB" partidos de esquerda, que vão contra a ideologia liberada pregada por Holiday e o MBL (Movimento Brasil Livre), do qual é um dos líderes.

No decorrer, o vereador afirma que professores de história são de esquerda e tentam doutrinar alunos, diz não defender cotas raciais no ensino público e cita quando foi acampar em Brasília durante o impeachment da ex-presidenta Dilma Rousseff, em 2016.

A música também cita o episódio de quando Holiday foi chamado de "capitãozinho do mato" por Ciro Gomes (PDT), durante uma entrevista à Rádio Jovem Pan, em 2018. Em janeiro deste ano, a Justiça determinou a penhora de uma picape para pagamento da indenização de R$ 38 mil. Após isso, Ciro processou o vereador por ter sido chamado de "coronelista".

Não foi a primeira vez que o vereador faz referência à série. Em uma postagem de 2018, ele mostra um trecho do personagem Carlton (Alfonso Ribeiro), afirmando que os negros não devem excluir um ao outro, onde direciona a crítica ao movimento negro brasileiro, que segundo ele, exclui quem tem pensamento político distinto da esquerda.

Polêmica com Emicida

O rapper Emicida e Holiday discutiram no Twitter após o anúncio do lançamento do rap pelo vereador. O músico afirmou que outros artistas batalham por um espaço na mídia e as pessoas dão atenção para alguém "mal-intencionado".

"Uma pá de gente séria e talentosa, se mata de trabalhar e vocês num dão um RT. Canalha mal-intencionado usa a palavra rap, vocês colocam ele na timeline de todo mundo", tuitou Emicida sobre a notícia.

Holiday rebateu: "Irmão, você não é o dono do rap e muito menos da perifa. Pode apostar que vai ter muita gente se sentindo representada pela minha letra". O vereador ainda acusou Emicida de "enriquecer mergulhando na hipocrisia".