PUBLICIDADE
Topo

Morro Agudo (SP): Dr Vinicius (Cidadania) é eleito prefeito

Do UOL, em São Paulo

15/11/2020 08h48

Vinicius Cruz de Castro (Cidadania), 42, é o novo prefeito de Morro Agudo (SP). Com 41,60% dos votos válidos, um total de 5.865 votos, na eleição deste domingo (15), Dr Vinicius foi o vencedor com 100% das urnas apuradas.

Como Morro Agudo tem menos de 200 mil eleitores, a eleição municipal não tem segundo turno.

Luciano Carlos Chapina (PSD) que ficou em segundo, com 24,85%, seguido por Denilson Martins (DEM), 24,60%, Wellington Floriano Rosa (PSDB), 5,87%, e José Pedro da Silva (PL), 3,09%.

Do total de votantes, 519 eleitores (3,35%) votaram em branco, enquanto outros 859 (5,55%) anularam o voto. O número de eleitores que não votou foi de 5.356, equivalente a 25,71% do eleitorado. A soma de brancos, nulos e abstenções é de 6.734, ou 32,32% dos aptos a votar.

A Câmara de Vereadores de Morro Agudo também teve seus representantes escolhidos para os próximos quatro anos na eleição deste domingo. As maiores bancadas ficaram com o PSD e o Cidadania, cada um deles com 2 representantes (confira a lista completa abaixo).

Confira os votos para a prefeitura:

  • Vinicius Cruz de Castro (Cidadania) - 5.865 votos - 41,60%
  • Luciano Carlos Chapina (PSD) - 3.503 votos - 24,85%
  • Denilson Martins (DEM) - 3.468 votos - 24,60%
  • Wellington Floriano Rosa (PSDB) - 827 votos - 5,87%
  • José Pedro da Silva (PL) - 436 votos - 3,09%

Confira todos os vereadores eleitos:

  • Danilo Luis Guarnieri Mauricio (MDB) - 734 votos - 5,14%
  • Lauriane de Castro Torres (PSD) - 575 votos - 4,02%
  • Leandro Cesar Silva Valadares (Cidadania) - 460 votos - 3,22%
  • Walter de Araújo Costa (PSD) - 422 votos - 2,95%
  • Clovis Thomaz Theodoro (PTB) - 397 votos - 2,78%
  • Elvis Junio Marques (PDT) - 363 votos - 2,54%
  • Lucas Tarciso Martins Cabeço (Cidadania) - 330 votos - 2,31%
  • Ilson Pontes Gracioli (PL) - 279 votos - 1,95%
  • Darci Martins da Silva (PSDB) - 242 votos - 1,69%

O segundo turno é realizado nas cidades com mais de 200 mil eleitores em que um candidato não atingiu a maioria simples (50%+1) dos votos válidos no primeiro turno.

Este conteúdo foi gerado com dados do TSE pelo sistema de produção automatizada de notícias do UOL.