PUBLICIDADE
Topo

Após passar mal em debate, candidato à reeleição em Blumenau recebe alta

Mário Hildebrandt (Podemos), recebeu alta na manhã de hoje do Hospital Santa Isabel, na região central da cidade - Reprodução/Facebook
Mário Hildebrandt (Podemos), recebeu alta na manhã de hoje do Hospital Santa Isabel, na região central da cidade Imagem: Reprodução/Facebook

Giorgio Guedin

Colaboração para o UOL, em Blumenau (SC)

22/11/2020 12h43

O candidato à reeleição para a prefeitura de Blumenau (SC), Mário Hildebrandt (Podemos), recebeu alta na manhã de hoje do Hospital Santa Isabel, na região central da cidade. Ontem, ele passou mal ao vivo durante a realização de um debate na NDTV, afiliada à RecordTV na cidade.

Os médicos apontaram que ele sofreu "desidratação seguida de síndrome vasovagal, ocasionando queda de pressão arterial e mal-estar". Ele passa bem e deve ficar em repouso absoluto até terça-feira (24).

A síndrome ou síncope vasovagal é uma condição que provoca a diminuição da pressão arterial e dos batimentos cardíacos, originando sintomas como fraqueza, palidez, calor, náuseas, tontura, dor de cabeça e, por fim, o desmaio.

Mário se recupera em casa, em função do risco de contágio pelo novo coronavírus, seguindo a orientação do hospital.

O mal súbito ocorreu durante o segundo bloco do debate, enquanto ele comentava sobre as enchentes e os deslizamentos em 2008. Ele foi acudido pela mediadora do debate Márcia Dutra e, na sequência, a transmissão foi interrompida. Após receber atendimento dos bombeiros e Samu na emissora, foi conduzido ao hospital.

Após um longo intervalo, a jornalista informou que, em comum acordo com o candidato oponente João Paulo Kleinübing (Democratas), a realização do debate foi suspensa.

"Desejo pronta recuperação ao prefeito Mário Hildebrandt, que passou mal durante o debate promovido pela NDTV. Me foi dada a oportunidade de continuar participando sozinho do debate, mas também me retirei em respeito ao Mário", informou a nota de João Paulo.

Questionado sobre uma nova data para o debate, o coordenador de jornalismo da NDTV Blumenau, Alexandre Pereira, falou ao UOL que a princípio não terá novo debate.

"Samu e Bombeiros deram total apoio ao candidato. Desejamos plena recuperação. Foi um grande susto."

Mário possui 51 anos de idade e é o prefeito de Blumenau desde abril de 2018, quando o então chefe do executivo municipal, Napoleão Bernardes, deixou o cargo para concorrer ao cargo de vice-governador de Santa Catarina. No último domingo, no primeiro turno, Hildebrandt recebeu 68.222 votos, o que representa 42,53% dos votos válidos. Kleinübing obteve 24.957 votos, com 15,56% dos votos.