PUBLICIDADE
Topo

Justiça eleitoral libera pesquisa impedida de ser divulgada no 1º turno

Felipe Pereira

Do UOL, em São Paulo

23/11/2020 21h23

A Justiça Eleitoral revogou uma liminar que impedia o Instituto Badra de divulgar uma pesquisa de intenção de votos referente ao primeiro turno na cidade de São Paulo.

Houve reclamação da chapa de Bruno Covas (PSDB) de que a ordem das perguntas induziria a resposta em um adversário e também foram citadas questões técnicas.

A primeira avaliação resultou em liminar contrária a divulgação da pesquisa. Mas, em segunda análise, o juiz Marco Antonio Martins Vargas entendeu que não havia motivos para impedir a veiculação.

"Revogo a decisão anteriormente proferida para liberar a divulgação da pesquisa eleitoral", escreveu o magistrado em trecho da sentença.