PUBLICIDADE
Topo

Prefeitura do Rio nega rombo de R$ 10 bi citado por secretário de Paes

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella (Republicanos); prefeitua negou que vá deixar déficit para a próxima administração municipal - Herculano Barreto Filho/UOL
O prefeito do Rio, Marcelo Crivella (Republicanos); prefeitua negou que vá deixar déficit para a próxima administração municipal Imagem: Herculano Barreto Filho/UOL

Do UOL, em São Paulo

04/12/2020 12h33

A Prefeitura do Rio negou a informação de que a próxima gestão da cidade, do prefeito eleito Eduardo Paes (DEM), encontrará um déficit de R$ 10 bilhões nas finanças da cidade, contrariando a declaração do futuro secretário da fazenda da cidade, Pedro Paulo (DEM), que acusou um rombo nos cofres públicos.

"A Secretaria Municipal de Fazenda esclarece que não reconhece o déficit de R$ 10 bilhões nas finanças da cidade que vem sendo anunciado e que as informações repassadas à equipe de transição, bem como os relatórios publicados pelos órgãos de controle, não apontam para esse montante", diz a nota divulgada pela prefeitura.

Ontem, o deputado federal e futuro secretário municipal de Fazenda do Rio, que ontem afirmou que a administração de Paes herdará um déficit de R$ 10 bilhões do governo de Marcelo Crivella (Republicanos). Pedro Paulo definiu a situação dos cofres públicos como "trágica".

Ainda na nota, a Secretaria da Fazenda diz que "entende, inclusive, que informações desse tipo podem gerar insegurança na sociedade, em particular servidores e fornecedores da Prefeitura".