PUBLICIDADE
Topo

Temer: Povo não quer radicalização, quer resultados

30/11/2020 11h17

Dois anos depois das eleições de 2018, marcadas pela ascensão de candidatos mais extremistas, o ex-presidente do Brasil Michel Temer diz acreditar que a população se cansou de "radicalização" e quer resultados. Para Temer, esse foi o principal recado das urnas em 2020.