UOL Notícias Empregos

28/08/2008 - 12h30

Furnas diz que vai substituir 1.800 terceirizados e fará concurso em 2008

Da Redação*
Em São Paulo
A empresa Furnas Centrais Elétricas assinou acordo com o MPT (Ministério Público do Trabalho) para substituir, em cinco anos, 1.800 terceirizados por concursados. A assinatura ocorreu na quarta (27).

O MPT fez investigações e entrou com ações contra a terceirização ilegal em Furnas nos últimos sete anos.

O acordo prevê a substituição de 20% dos contratados até dezembro de 2009, 15% em 2010, 15% em 2011, 25% em 2012 e 25% até dezembro de 2013. Segundo nota divulgada pela empresa, Furnas "realizará concursos públicos para todas as áreas, sendo o primeiro previsto para este ano".

Paralelamente, a empresa diz que já solicitou à Eletrobrás e ao Ministério do Planejamento a autorização para aumento do quadro de funcionários.

Sobre os 1.800 trabalhadores que estavam em situação ilegal, o MPT diz que eles não serão "desamparados". O procurador-geral do Trabalho, Otavio Brito Lopes, afirma que "o acordo prevê sua requalificação, para uma boa inserção no mercado de trabalho".

Além disso, como parte do acordo, Furnas vai destinar R$ 2 milhões para o Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem na Indústria) implementar cursos de requalificação. Metade das vagas será reservada aos trabalhadores substituídos.

*As informações são do MPT
Aprovados em Furnas tentam garantir nomeação na Justiça

Compartilhe:

    Encontre vagas de emprego na sua Área

    Concursos Previstos

    As mais lidas

    Hospedagem: UOL Host