UOL Notícias Empregos

14/07/2010 - 15h28

Fatores sazonais na educação e na agricultura reduzem o ritmo de crescimento do emprego

Da Agência Brasil
Em Brasília

O ministro do MTE (Ministério do Trabalho e Emprego), Carlos Lupi, negou nesta quarta-feira (14) que as ofertas de emprego estejam paradas. No momento, segundo ele, há questões de natureza sazonal que limitam a abertura de vagas nas áreas da educação e da agricultura, o que não significa que o emprego tenha parado de crescer.

Segundo Lupi, os dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) que vão ser apresentados amanhã (15) pelo Ministério vão mostrar crescimento do emprego embora, conforme já era previsto, em ritmo menor do que o verificado nos meses anteriores. O ministro adiantou que o mês de junho não deverá registrar recordes de geração de empregos.

Compartilhe:

    Encontre vagas de emprego na sua Área

    Concursos Previstos

    As mais lidas

    Hospedagem: UOL Host