UOL Notícias Notícias
 

03. Agaciel Maia, diretor-geral do Senado, e sua mansão

Fernando Rodrigues
Colunista do UOL, Em Brasília
atualizada em 29.06.2009
Para enviar e-mails para os personagens envolvidos, passe o mouse sobre o nome e clique para acessar o endereço eletronico de cada um.
Mais
Blog do Fernando
Poder e Política

Data de Divulgação

01.03.2009

O escândalo

O diretor do Senado, Agaciel Maia, escondia da Justiça a propriedade de uma casa avaliada em cerca de R$ 5 milhões. Ele se defendeu dizendo não poder esconder a casa onde ele mesmo morava.

Em 2 de maio, a "Folha" (Leia aqui) publicou reportagem mostrando que o Senado requisitou ajuda ao Itamaraty em julho de 2008 para a viagem de férias de Agaciel Maia e sete integrantes de sua família a Europa. Saiba mais

Parte dos atos secretos do Senado, usados para criar cargos e aumentar salários, foram assinados por Agaciel. Saiba mais no escândalo 61: Senado usa mais de 600 atos secretos para criar cargos.

O ex-diretor-geral mantinha também uma "sala secreta" pela qual tinha acesso apenas por meio de uma escada espiral que mandou construir em seu gabinete. Abaixo, fotos publicadas pela revista "Época", cuja reportagem (aqui) saiu no fim de semana de 27 e 28 de junho.



O que aconteceu?

Sob o aplauso dos outros servidores da Casa, Agaciel deixou o cargo ocupado por ele há 15 anos.
Veja abaixo reportagem sobre a saída:



Atualmente, o diretor trabalha em uma série de biografias, em seis volumes, de todos os senadores que o Brasil já teve.

A Folha publicou em 25 de junho uma foto de Lula Marques mostrando Agaciel Maia de bermuda em sua mansão, durante o horário de trabalho.



Segundo O Globo (aqui) do mesmo dia, Agaciel Maia não terá de pagar os seus advogados no caso. Ele terá direito a defesa feita pela advocacia do Senado.

Em 25 de junho, Agaciel pediu licença de 90 dias (aqui). Ele continuará sendo remunerado pelo Senado.

Em 25 de junho, o senador Demóstenes Torres (DEM-GO) disse que Agaciel vai se tornar alvo de um procedimento administrativo. O processo, da Advocacia Geral do Senado, pede a demissão dele.

Em 6 de julho, Sarney oficializou a abertura de processo que pode resultar na demissão de Agaciel do cargo (aqui).

Acompanhe os escândalos

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,18
    4,047
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,48
    93.910,03
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host