UOL Notícias Notícias
 

53. Câmara paga piloto de avião de ministro Geddel Vieira Lima (PMDB, Integração)

Fernando Rodrigues
Colunista do UOL, Em Brasília
Para enviar e-mails para os personagens envolvidos, passe o mouse sobre o nome e clique para acessar o endereço eletronico de cada um.
Mais
Blog do Fernando
Poder e Política

Data de Divulgação

10.05.2009

O escândalo

A Folha (aqui, para assinantes) revelou que a Câmara paga o salário de um piloto que trabalha conduzindo o avião particular do ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima. Francisco Meireles é contratado como secretário parlamentar com salário de R$ 8.040 no gabinete do deputado Edigar Mão Branca (PV-BA).

Mão Branca não soube explicar ao certo o que o funcionário, desconhecido pelos outros membros do seu gabinete, presta de serviços. "Comigo aqui a ordem é fazer qualquer coisa, a qualquer hora, o que for necessário."

Já o ministro não acha que exista nada de irregular em contratar como piloto de seu avião particular um secretário parlamentar da Câmara dos Deputados.


O que aconteceu?

Nada

Acompanhe os escândalos

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,18
    4,047
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,48
    93.910,03
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host