UOL Notícias Notícias
 

54. Câmara paga 8 voos para investigado pela PF que é colaborador do empresário Fernando Sarney

Fernando Rodrigues
Colunista do UOL, Em Brasília
atualizada em 25.08.2009
Para enviar e-mails para os personagens envolvidos, passe o mouse sobre o nome e clique para acessar o endereço eletronico de cada um.
Mais
Blog do Fernando
Poder e Política

Data de Divulgação

11.05.2009

O escândalo

Reportagem do Congresso em Foco (aqui) do dia 11 de maio relata que a Câmara pagou 8 voos para um colaborador do empresário Fernando Sarney, investigado pela Polícia Federal na Operação Boi Barrica. Fernando Sarney é filho do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP) e irmão do deputado Sarney Filho (PV-MA).

Marco Antônio Bogéa, o colaborador de Fernando Sarney, usou a cota dos deputados Sarney Filho (MA), Veloso (PMDB-BA) e Gonzaga Patriota (PSB-PE), no período de julho de 2007 a julho de 2008.

Outra viagem teria sido paga numa troca de cotas entre os deputados Carlos Abicalil (PT-MT) e Valadares Filho (PSB-SE).

Sarney Filho respondeu que cedeu passagens a Bogéa porque os dois são amigos desde a infância em São Luís.

O que aconteceu?

Nada.

Acompanhe os escândalos

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,18
    4,047
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,48
    93.910,03
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host