UOL Notícias Notícias
 

85. Sérgio Guerra (PSDB-PE) bancou viagem de filha à Nova York com dinheiro do Senado

Fernando Rodrigues
Colunista do UOL, Em Brasília
atualizada em 11.08.2009
Para enviar e-mails para os personagens envolvidos, passe o mouse sobre o nome e clique para acessar o endereço eletronico de cada um.
Mais
Blog do Fernando
Poder e Política

Data de Divulgação

10.08.2009

O escândalo

A Folha (aqui) mostrou que a filha do presidente nacional do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), viajou para Nova York com as despesas pagas pelo Senado.

Segundo a reportagem, a advogada Helena Olympia de Almeida Brennand Guerra foi para os Estados Unidos em fevereiro de 2007 e gastou R$ 4.580,40 em diárias pagas com dinheiro público.

Guerra afirmou que sua filha viajou para acompanhá-lo em exames de saúde. O tucano, que discorda que tenha cometido irregularidade, disse não ter sido cobrado pela devolução das diárias da filha. Se isso tivesse ocorrido, "teria devolvido", afirmou.

O ex-diretor do Controle Interno Shalom Granado diz que houve discordância entre ele e os técnicos do órgão. Ele afirma que a viagem de Helena tem como base legal a "hipótese de particular em cooperação com serviço público".

A divergência foi exposta em relatório entregue ao Tribunal de Contas da União. "Quem vai decidir se estou certo ou errado é o TCU", disse Granado, que deixou a secretaria em julho.

O que aconteceu?

Um relatório da Secretaria de Controle Interno do Senado pediu a devolução dos recursos. O documento foi entregue em fevereiro de 2008 e consta no relatório da Tomada de Contas do Senado já entregue ao TCU (Tribunal de Contas da União).

Em 10 de agosto, Sérgio Guerra disse que devolveria o dinheiro se houvessem irregularidades (aqui).

Acompanhe os escândalos

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,18
    4,047
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,48
    93.910,03
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host