UOL Notícias Posse de Barack Obama: O novo presidente dos EUA
 

20/01/2009 - 14h11

Obama chega ao Capitólio para a posse sob forte esquema de segurança

Do UOL Notícias*
O presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, chegou ao Capitólio acompanhado pelo presidente George W. Bush, sob forte esquema de segurança. Em seu discurso de posse, Obama deve priorizar união e desafios a serem enfrentados em seu mandato.

Os passos da posse
Às 12h desta terça-feira (15h de Brasília), Barack Obama fará o juramento para tomar posse como o 44º presidente do país, um acontecimento inédito para os Estados Unidos, que terá seu primeiro líder negro. Depois, acompanhado de seu vice, Joe Biden, Obama realiza o trajeto do desfile do Capitólio até a Casa Branca (previsto para começar às 17h30 do Brasil).

Obama deu início às cerimônias de posse com um ofício religioso, acompanhado pela mulher, Michelle. O casal chegou à Casa Branca para um café com o atual presidente George W. Bush e o vice Dick Cheney, por volta das 13h30 (horário de Brasília).

Obama, sorridente, beijou Laura na face e apertou cordialmente a mão de Bush que lhe deu um tapinha no ombro; Michelle Obama beijou o casal Bush e entregou um presente a Laura.

Antes, Obama e Michelle foram levados de carro até a igreja Episcopal St. John para uma cerimônia de cerca de uma hora. O casal presidencial estava acompanhado pelo vice eleito, Joseph Biden, e sua esposa Jill.

Em um telegrama enviado nesta terça, o Papa Bento XVI pediu ao novo presidente que promova a paz e a cooperação entre as nações. "Rezo para que se comprometa em promover a compreensão, a cooperação e a paz entre as nações", escreveu.

Mais de 2 milhões de pessoas enfrentam 6 ºC negativos em Washington para assistir à cerimônia. Grupos cantam slogans como "Yes, we can" (Sim, nós podemos) e "USA, USA" (sigla para EUA, em inglês). Televisores foram instalados ao redor do National Mall para que todos possam ver o presidente.

A polícia do serviço secreto americano fez um cerco nos arredores do Capitólio para conter a multidão que lota a região e causa o fechamento das estações de metrô próximas ao National Mall, informa o jornal "Washington Post".

Primeiro compromisso como presidente
A agenda presidencial de Obama será inaugurada já nesta tarde. Assim que retornar à Casa Branca, após as festividades, o presidente é esperado no Salão Oval para sua primeira reunião oficial. Na pauta, política externa e economia.

Conselheiros e analistas financeiros discutirão com Obama como enfrentar a prioridade de seu governo, a crise econômica mais grave do país desde a Grande Depressão de 1929. No último mês de 2008, o desemprego nos EUA saltou para 7,2%, o maior percentual em 16 anos.

Obama já anunciou que se reunirá com militares para implementar uma mudança de comando nas operações em andamento no Iraque e no Afeganistão. Promessa eleitoral que lhe rendeu muitos votos, o plano de retirada das tropas americanas do Iraque, seis anos após a invasão, deve ser discutido com o Pentágono para que a operação termine em 16 meses.

No Afeganistão, no entanto, Obama já manifestou intenção de ampliar o número de militares no país, em operação que ele considera essencial na nova era do combate ao terrorismo.

Da Redação, com informações de Fernanda Brambilla, em Washington, Folha Online e agências internacionais

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,27
    4,130
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h18

    1,23
    106.022,28
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host