UOL Notícias Notícias
 

01/03/2010 - 18h04

Prédio parecia um liquidificador, afirma militar brasileiro no Chile

Do UOL Notícias
Em São Paulo

Oficiais da FAB (Força Aérea Brasileira) que trabalham no Chile relataram momentos de tensão na madrugada do último sábado (27) em Santiago. O coronel Celestino Todesco, que mora com a esposa no nono andar de um prédio de doze andares, contou que o terremoto fez o apartamento balançar para todos os lados. “Parecia um liquidificador", disse.

Depois dos segundos de susto, ele desceu com a esposa pelas escadas do edifício. “Nós seguimos os procedimentos de emergência previstos para esta situação”.  Escute o depoimento do militar:

  
Para o coronel Luiz Fernando de Aguiar, o sábado do terremoto era o último dia de Chile, depois de passar dois anos no país como adido. "Na hora do terremoto, ficou difícil nós nos mantermos em pé".

Ele estava no quinto andar de um hotel na capital chilena e viu tudo cair dentro do apartamento. Depois, apanhou os pertences e foi para o aeroporto tentar embarcar pela manhã. “Quando chegamos, a polícia nos orientou que os voos estavam cancelados”, disse. Aguiar contou que a estrutura do aeroporto também foi bastante prejudicada. Escute:

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host