UOL Notícias Notícias
 

04/03/2010 - 14h27

Terremoto não deve frear crescimento do Chile, diz FMI

O terremoto que abalou parte do território do Chile no sábado não deverá ter um efeito maior sobre o crescimento do país, declarou nesta quinta-feira (4) Caroline Atkinson, diretora de relações exteriores do Fundo Monetário Internacional (FMI).

"O grande efeito" da tragédia "é seu preço humano e social imediato", disse Atkinson durante sua entrevista à imprensa bimensal.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,23
    3,210
    Outras moedas
  • Bovespa

    18h20

    -0,28
    80.962,65
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host