UOL Notícias Notícias
 

12/03/2010 - 10h22

Mais uma série de tremores é registrada no Chile na madrugada e manhã de hoje

Renata Giraldi
Enviada Especial da Agência Brasil
Em Santiago (Chile)

Mais uma série de sete terremotos ocorreu no Chile das 2h45 a 6h02 de hoje (12), segundo dados do Ministério do Interior. A variação na intensidade dos tremores foi de 2 a 5 graus na escala Richter.

Saiba mais sobre o Chile

  • População: 16 milhões

    Religião: Católicos (70%), evangélicos (15%), outros (6,7%), ateus (8,3%)

    Expectativa de vida: 77 anos

    PIB per capita: US$ 14.700

Os abalos puderam ser percebidos no Centro e Sul do país, como tem ocorrido nos últimos dias - de Santiago, a capital, até a região de Bío-Bío. O mais intenso foi registrado nas cidades de San Francisco e Rancagua.

O especialista em abalos sísmicos Raúl Madariaga afirmou que as chamadas réplicas, que são as repetições dos tremores, são consideradas normais quando há um grande terremoto, como foi o de 8,8 graus na escala Richter, no último dia 27.

Segundo Madariaga, novos tremores de elevada intensidade só devem ocorrer em 20 anos. Ele advertiu, no entanto, que novos abalos de intensidade menor devem ser registrados em todo o país. “É preciso estar em alerta e não considerar que tudo é normal”.

A ocorrência de tremores de terra, mesmo em um país onde isso costuma ser frequente, muda a rotina da população. Com o alerta, departamentos públicos, escolas e comércio fecham. A Universidade do Chile, uma das mais tradicionais do país, teve seu prédio parcialmente destruído e com isso as aulas foram suspensas.

O noticiário nas redes de televisão e rádio dedicaram a maior parte da programação às informações sobre os tremores e o alerta de tsunami, além de orientar a população sobre como evitar transtornos. Pelos dados oficiais, não houve registro de vítimas em decorrência dos últimos abalos.

Ontem (11), houve outra série de 13 tremores de terra, registrados no período das 11h55 às 16h10, com variações de 2 a 7,2 graus na escala Richter. Os terremotos assustaram os convidados estrangeiros que participavam da cerimônia de posse do novo presidente, Sebastián Piñera. Um dos tremores mais intensos ocorreu momentos antes da solenidade.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h16

    -0,05
    3,173
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h23

    1,12
    65.403,25
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host