UOL Notícias Notícias
 

19/03/2010 - 14h52

Novo balanço aponta 45 mortes a menos no terremoto chileno

Da AFP

O novo governo do Chile calculou em 452 o número de mortos causados pelo terremoto seguido tsunami que acometeram o país em fevereiro, 45 vítimas a menos na comparação com o último relatório entregue pela administração Michelle Bachelet, que por sua vez já tinha sido revisado após uma primeira estimativa.

"Depois de apenas 20 dias do terremoto ainda é difícil dimensionar seus efeitos. A contagem que, infelizmente, nos custou muito concluir mostra que até o dia de ontem tínhamos ao menos 452 vítimas fatais e 96 desaparecidos", disse o ministro do Interior, Rodrigo Hinzpeter, no fórum empresarial de Icare.

Este é o primeiro cálculo entregue por um ministro do governo de Sebastián Piñera, que assumiu em 11 de março passado, e com isso, reabre a controvérsia gerada pelas versões contraditórias sobre mortos e desaparecidos entre a administração atual e a anterior.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,63
    3,167
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,87
    65.667,62
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host