UOL Notícias Especial Trânsito
 
O aumento do número de veículos em circulação nas grandes cidades latino-americanas, junto com os problemas de transporte público, contribui para a piora das condições do trânsito e acaba sendo um fator limitador do crescimento econômico, segundo estudo do Citigroup.

Em 2005, cerca de 22,1 milhões de carros circulavam no Brasil; em 2007, eram 24,4 milhões, afirma a pesquisa, com base em dados da Thomson and Bull.



No México, o número passou de 14,6 milhões para 15,9 milhões. Na Argentina, de 5,2 milhões para 5,6 milhões, sempre na comparação entre 2005 e 2007.

O crescimento econômico é afetado pelos problemas de trânsito porque, segundo cálculos do Citigroup, o país tem uma perda de produtividade de 5% devido aos congestionamentos.

Além do aumento do número de veículos, os problemas de transporte público também contribuem para a dificuldade de deslocamento da população, segundo a pesquisa.

A mudança das famílias de classe média e alta para o subúrbio é outro fator que ajuda a aumentar o tempo médio que se gasta para percorrer as ruas da cidade, diz o estudo do Citi.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    14h30

    -0,48
    3,237
    Outras moedas
  • Bovespa

    14h38

    -0,12
    74.507,91
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host