UOL Notícias Especial Trânsito
 
Os principais pré-candidatos à Presidência da República não trocaram o carro por outros veículos nem pelo transporte público nesta terça-feira (22), Dia Mundial sem Carro. Já os prefeitos de algumas das principais cidades do país usaram ônibus ou bicicleta para ir ao trabalho.

Confira abaixo como se movimentaram alguns políticos brasileiros:

Kassab usou ônibus em SP

  • Folha Imagem
Governador de São Paulo, José Serra (PSDB): helicóptero até Itapeva, a quase 300 km da capital, e carro para distâncias mais curtas na agenda.

Governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB): despachos internos no Palácio da Liberdade.

Ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff (PT): usou carro para ir a evento de discussão sobre pré-sal em Brasília.

Deputado Ciro Gomes (PSB-CE): usou carro de casa até o Congresso.

Senadora Marina Silva (PV-AC): usou carro em "transporte solidário", com outros colegas de trabalho.

Governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral (PMDB): usou bicicleta para ir à inaguração de obra na região do Maracanã. Depois pegou helicóptero para visitar duas cidades e saiu de carro nos trajetos mais curtos.

Governador da Bahia, Jaques Wagner (PT): foi ao interior do Estado para inaugurações e usou carro.

Paes usou a bicicleta no Rio

  • Rafael Andrade/Folha Imagem
Governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB): foi a Caruaru e Petrolina de avião. Nas cidades, locomoveu-se de carro.

Prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM): tomou ônibus depois de 10 minutos de espera pela manhã e, após 40 minutos, desembarcou no Viaduto 9 de julho, de onde seguiu a pé para a Prefeitura.

Prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PMDB): saiu da casa no início da manhã de bicicleta e passou por cartões postais da cidade, como o Jardim Botânico. Proibiu carros oficiais não essenciais nas ruas e fechou o estacionamento nos prédios da Prefeitura, com exceção dos veículos operacionais e de emergência. Reduziu a velocidade em ruas de Copacabana.

Prefeito de Curitiba, Beto Richa (PSDB): pegou ônibus do lado de casa e seguiu até um terminal. Dali, subiu em outro ônibus e desceu perto da Prefeitura, para onde foi a pé. Bloqueou 40 quadras e 15 ruas no centro da cidade para incentivar os curitibanos a aderir.

Assista: Maioria dos vereadores de São Paulo não adere ao Dia Mundial Sem Carro



Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,27
    3,252
    Outras moedas
  • Bovespa

    18h23

    1,58
    74.594,62
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host