UOL Últimas NotíciasUOL Últimas Notícias
UOL BUSCA

- Saiba quem é
Fernando Rodrigues



20/03/2006
Decantação partidário-eleitoral

Por Fernando Rodrigues
Brasília - DF


Lula cristalizou sua recuperação. Alckmin se estabelece e sobe. José Serra surge como principal favorito na disputa pelo governo paulista, conforme mostra pesquisa Datafolha -se a eleição fosse hoje, o tucano teria chances reais de vencer até no primeiro turno.

O cenário eleitoral decanta e evidencia a polarização entre PT e PSDB nos principais embates. O PMDB se dilacera em público, incapaz de realizar uma prévia interna. O PFL faz um biquinho patético para os tucanos, como se não fosse evidente que dará o vice-presidente a Alckmin. As outras siglas não contam.

Esse bipartidarismo de fato é um fenômeno ainda não consolidado, mas a tendência avança.

Foi assim em 2002. Para presidente, deu Lula e Serra. Em São Paulo, Alckmin e Genoino foram ao segundo turno, expelindo do cenário o obsoleto Paulo Maluf. No segundo maior Estado em eleitores, Minas Gerais, Aécio Neves ganhou no primeiro turno, mas o número dois foi o surpreendente Nilmário Miranda, com 31% -e lá também ficou comendo poeira o desgastado Newton Cardoso, com humilhantes 6%.

Em 2004, repetiu-se o padrão. PT e PSDB foram os mais votados nos 5.562 municípios na escolha de prefeitos. Nas 96 cidades mais importantes (capitais e as com mais de 150 mil eleitores), petistas e tucanos ficaram com 50,5% (tomando-se em conta o eleitorado governado).

Agora, a embocadura é a mesma. São Paulo e Minas Gerais respondem por 34% dos eleitores de todo o país. Pode dar de tudo nesses dois Estados, mas já está mais ou menos combinado -mostram as pesquisas- que os governadores serão do PT ou do PSDB. Aí entra José Serra.

A pesquisa do Datafolha de hoje é o empurrão final para o prefeito paulistano entrar na disputa. Há riscos, claro, mas Serra está sem saída. Por tabela, e de maneira quase inadvertida, fará a última coisa que gostaria no momento: ajudará Alckmin.




COLUNAS ANTERIORES IMPRIMIR ENVIE POR EMAIL