UOL Últimas NotíciasUOL Últimas Notícias
UOL BUSCA

- Saiba quem é
Fernando Rodrigues



02/05/2007
Macaquices

Por Fernando Rodrigues
Brasília - DF


O gigantismo geográfico do Brasil talvez pese na mentalidade insular de seus cidadãos.

É bom então quando um brasileiro viaja ao exterior. Volta melhor. FHC era adepto dos convescotes internacionais. Lula aderiu. Apesar dos benefícios evidentes, há limites -exceto para a nova safra de governadores estaduais. No feriadão de 1º de Maio, oito deles zarparam para Nova York.

Participaram do curioso Fórum do Desenvolvimento Sustentável 2007, no hotel Hilton, na 6ª avenida. No local, uma penca de assessores. Na platéia, a brasileirada em peso. Pontificaram alguns estrangeiros, sobretudo o ex-presidente dos EUA Bill Clinton -marqueteiro, adulou os cucarachas.

Clinton defendeu a inclusão do Brasil no Conselho Segurança da ONU. Elogiou os empregos rurais criados pelo programa brasileiro do álcool combustível -sem mencionar, por óbvio, a semi-escravidão desses postos de trabalho.

George Bush, o pai, foi escalado para falar sobre algo alheio ao seu conhecimento: "Energia, meio ambiente e desenvolvimento sustentável". Soltou uma pérola: "O grande desafio na área dos biocombustíveis é mudar de rumo sem ameaçar nosso estilo de vida".

O evento de Nova York foi organizado por Mario Garnero, homem do ramo do entretenimento empresarial dito reflexivo. Está para os brasileiros no exterior como João Dória está por aqui com seu evento anual em Comandatuba.

Felizes, os governadores foram submetidos a uma sessão de fotos posadas com Bill Clinton. Juntos com seus assessores, os brasileiros aproveitaram Nova York. O clima é excelente nesta época do ano.

Não se sabe se Clinton e Bush cobraram cachê. Os governadores, é certo, torraram algum dinheiro. Ao final, quem se deu bem foi Mario Garnero. Assim é certo tipo de empreendedorismo no Brasil.


COLUNAS ANTERIORES IMPRIMIR ENVIE POR EMAIL