UOL Notícias
 

29/08/2009 - 12h33

Em Barretos, Brasil vence o primeiro dia da Copa do Mundo de Montaria

Rodrigo Bertolotto
Enviado especial do UOL Notícias
Em Barretos (SP)
A equipe do Brasil foi a que obteve a maior soma de notas na primeira noite da Copa do Mundo de Montaria em Touro, que começou na sexta-feira (28) e segue até o próximo domingo, na 54ª Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos.

A equipe nacional, que tem como técnico o tricampeão mundial Adriano Moraes, alcançou a pontuação 431,5.

No primeiro tempo, todos os atletas brasileiros pararam os oito segundos regulamentares sobre o lombo dos animais: Guilherme Marchi conseguiu nota 86 montando no touro Magia; Robson Palermo montou no touro Caracol e obteve 88,25; e Juarez Terra alcançou 85,75 com o touro Racista. As notas de Valdiron de Oliveira (82,5) e Renato Nunes (74) foram descartadas pelo técnico.

Já no segundo tempo, apenas Palermo e Nunes conseguiram pontuar, com notas 87,75 e 83,75, respectivamente. Os demais atletas brasileiros não obtiveram aproveitamento técnico.

Moraes mostrou-se satisfeito com o desempenho da equipe neste primeiro dia de disputas. "Quase perfeito", sintetizou, sobre as montarias.

Após o encerramento da primeira noite da Copa do Mundo, o segundo lugar do ranking ficou para os Estados Unidos, com a soma de 347 pontos. O Canadá aparece na terceira posição (259,5 pontos), seguido pela Austrália (171,25 pontos).

Já a seleção do México, que teve o desfalque de um atleta que não conseguiu visto para entrar no Brasil a tempo de participar da Copa, não conseguiu aproveitamento em nenhuma das montarias e não pontuou, terminando no último lugar.

A Copa do Mundo é realizada por meio de uma parceria da PBR (Professional Bull Riders, a liga norte-americana da modalidade) e o clube Os Independentes, entidade que realiza a Festa do Peão.

Cada seleção disputa o torneio com cinco competidores, comandados por um técnico que é o responsável pela escalação dos atletas sobre os touros sorteados pela organização.

Em cada dia acontecem dois tempos em que cada seleção realiza cinco montarias. Como são cinco seleções competindo, são 50 montarias por dia, sendo 25 no primeiro tempo e 25 no segundo tempo.

Em cada um dos tempos, o técnico escolhe apenas três das cinco notas possíveis, imediatamente após cada montaria (tem um minuto para decidir se descarta a montaria, o que exige que o técnico se arrisque). A soma das três notas do primeiro tempo, mais as três notas do segundo tempo é que dá o resultado de cada noite. As notas são atribuídas por quatro juízes de diferentes nacionalidades, Brasil, Estados Unidos, Austrália e Canadá.

A equipe campeã receberá um prêmio de 100 mil dólares. Esta é a terceira edição da Copa do Mundo. Até hoje foram realizadas duas competições: uma na Austrália, em 2007, vencida pelo Brasil, e outra no México, em 2008, na qual os Estados Unidos venceram.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,78
    4,016
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h23

    -0,30
    93.627,80
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host