UOL Notícias
 
23/08/2010 - 00h15

Enéias Barbosa vence prova da montaria em touro e conquista a Liga Nacional em Barretos (SP)

Fabiana Uchinaka
Enviada Especial do UOL Notícias
Em Barretos (SP)

Ele saiu da arena ovacionado pelo público e R$ 30 mil mais rico, disputou com outros 20 competidores uma vaga no Rodeio Internacional, que acontece na próxima semana e paga US$ 100 mil, e brilhou na final da Liga Nacional de Rodeio. A estrela da noite deste domingo (22) na Festa do Peão de Barretos (SP) foi Enéas Barbosa, de apenas 20 anos, mais conhecido como Neinha.

Competidor explica como é o brete, os bastidores da arena do rodeio

O peão veio de Sales, no interior de São Paulo, e há cinco anos disputa a prova da montaria em touro, a mais aguardada do rodeio. Durante o campeonato, conquistou 433 pontos, e deixou para trás Fabiano Vieira, de Peróla (PR), e Adriano Cordeiro, de Casa Branca (SP). Mas nada disso é novidade para o garoto que desde os 17 anos está entre os melhores e participa das provas mais disputadas, em Barretos.

Nos últimos anos, já ganhou 11 motos e mais de R$ 1 milhão de reais em prêmios. "Estou emocionado. A vitória é resultado de muita dedicação, treinamento e garra. Estou sempre correndo atrás", disse ele, depois de receber o trófeu.

Com apenas 63 quilos e uma aparência frágil, Neinha não parece ser capaz de enfrentar um touro do porte de Marraquechi, que o derrubou após oito segundos e o fez receber uma boa nota, 89 pontos de um máximo de 100. "Acho que ser leve ajuda. A prova depende 50% de mim e 50% do touro, e o touro também ajudou. Era pulador", contou.

Outros três competidores foram premiados neste domingo. Renato Finazzi, campeão do Bulldog, Daiana Sudário, vencedora da prova dos Três Tambores, e Afrísio Lima Figueiredo, Joselano Araújo de Souza e Antônio César Cumiero, que ficaram com o primeiro lugar no Team Penning, uma prova disputada em equipe.

Daiane deixou a arena sorridente. "Estou feliz, me dediquei muito e a disputa não tinha favorita", disse. Segundo ela a festa de comemoração só começa depois de checar como está o cavalo quarto de milha Girl Kafka OK, seu xodó. "Tem que cuidar dele primeiro. Depois vou ver o show", afirmou.

Para animar o rodeio, subiram no palco as duplas Zé Henrique & Gabriel. Depois é a vez de Fernando & Sorocaba, do hit sertanejo "Paga Pau", se apresentarem para uma arquibancada quase tão cheia quanto a que assistiu ao show da cantora americana Mariah Carey, na noite de ontem.

Entenda o que é cada prova

Team Penning: simula o trabalho dos peões no campo. Três cavaleiros precisam separar três novilhos e colocar em um cercado. São colocados
30 animais na arena, numerados de 0 a 9. O peão precisa colocar três do mesmo número, pré-determinado pelo juiz. A prova deve ser feita em no máximo 120 segundos.

Bulldog: o peão salta do cavalo em movimento, para agarrar o boi pelos chifres e derrubá-lo no chão. O animal só será considerado derrubado quando estiver deitado de lado ou de costas, com as quatro patas e a cabeça na mesma direção.

Três Tambores: prova de mulheres montando cavalos quarto-de-milha. O trio de tambores vazios de 200 litros é colocado em triângulo. A linha de partida fica a dez metros da base desse triângulo, com os tambores a 27,50 metros um do outro.

Bareback: o competidor monta sobre o pelo do cavalo em posição quase horizontal. Após sair do brete (parte de trás da arena), posiciona as duas esporas, sem pontas, no pescoço do animal e puxa, fazendo com que as pernas alcancem a alça do bareback (espécie de alça de couro que fica em cima do cavalo), que é segurada com a mão. A prova dura oito segundos.

Sela Americana: É o estilo de montaria mais antigo do rodeio americano. O competidor usa uma sela sem capa e precisa segurar uma corda de 1,20 m ligada ao cabresto. A outra mão não pode tocar qualquer parte do animal.

Cutiano: Estilo tipicamente brasileiro de montaria. O competidor fica no cavalo por oito segundos, enquanto ele sacoleja.

Montaria em touro: O atleta usa uma luva de couro e segura a corda americana com polacos (sinos). A outra mão deve ficar solta. O peão precisa ficar oito segundos sobre o touro, que sacoleja.
 

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,79
    3,152
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h22

    1,18
    65.148,35
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host