Relembre o que é o mensalão, veja os envolvidos e o que pode acontecer

 

  O que é?

Segundo o Ministério Público, era o esquema de pagamento de propina a parlamentares para que votassem a favor de projetos do governo. É o principal escândalo no primeiro mandato de Luiz Inácio Lula da Silva (PT)

  Como veio à tona?

No dia 6 de junho de 2005, o jornal ''Folha de S.Paulo'' publicou uma entrevista com o deputado federal Roberto Jefferson (PTB-RJ), na qual ele revelava a existência do pagamento de propina para parlamentares. Segundo o presidente do PTB, congressistas aliados recebiam o que chamou de um "mensalão" de R$ 30 mil do então tesoureiro do PT, Delúbio Soares. O esquema teria sido realizado entre 2003 e 2004, segundo relatório final da CPI dos Correios, e durado até o início de 2005. Jefferson afirmou ainda que falou do esquema para o presidente Lula.

  Quem estava envolvido?

Após quatro meses e meio de julgamento, o STF decidiu pela condenação de 25 dos 38 réus do processo. O esquema foi organizado por um núcleo político chefiado por José Dirceu, então ministro da Casa Civil, e integrantes da alta cúpula do PT. O núcleo mineiro Marcos Valério foi apontado como operador do mensalão. Com o auxílio de seus sócios e funcionários, foi condenado pelo Supremo por utilizar suas empresas de publicidade para desviar dinheiro público e repassá-lo a parlamentares. Kátia Rabello, dona do Banco Rural e diretores da instituição financeira foram denunciados por formação de quadrilha, gestão fraudulenta e lavagem de dinheiro.

  Quais partidos participavam do esquema?

Os parlamentares condenados pelo STF pertenciam ao PL (Partido Liberal; PL e Prona se fundiram dando origem ao PR), PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro), PP (Partido Progressista), PT (Partido Trabalhista) e PTB (Partido Trabalhista Brasileiro).

  Os acusados

  •   Núcleo político
  •   Núcleo operacional
  •   Núcleo financeiro
  •   Outros envolvidos
  • Absolvidos Condenados
 

    Anderson Dauto

(deputado federal pelo PR-SP)

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat. Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur. Excepteur sint occaecat cupidatat non proident, sunt in culpa qui officia deserunt mollit anim id est laborum.

Segundo o Supremo Tribunal Federal, parlamentares integrantes do PP, PL (PL e Prona se fundiram dando origem ao PR), PTB, PMDB, além do PT, receberam dinheiro, pessoalmente ou por intermediários, para apoiar projetos do governo federal, por meio do esquema de lavagem operacionalizado por Marcos Valério e seu grupo junto com dirigentes do Banco Rural. Valério, que tinha contratos com o governo e era sócio nas agências DNA Propaganda e SMP&B Comunicação, obteve empréstimos fraudulentos dos bancos Rural e BMG e teria ainda enviado, de forma ilícita, dinheiro para o exterior. Veja quais foram os parlamentares e como eles receberam o dinheiro.

  •   Recebeu
    dinheiro
  •   Entregou
    dinheiro
  •  
    Intermediou
A B C D E F G H I J K

Clique nos dias para mais informações

  Agosto | 2012  
D S T Q Q S S
1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31
  Setembro | 2012  
D S T Q Q S S
1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30
  Outubro | 2012  
D S T Q Q S S
1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31
  Novembro | 2012  
D S T Q Q S S
1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30
  Dezembro | 2012  
D S T Q Q S S
1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31

  2 de agosto de 2012

No primeiro dia do julgamento, haverá a apresentação do relatório de Joaquim Barbosa e da acusação pela Procuradoria Geral da República

  Ministro Antonio president

Indicação: Luiz Ignacio Empossado em: 25 de junho de 2012

Sete são os crimes pelos quais os 38 réus do mensalão são acusados, cujas penas variam de 1 a 12 anos de prisão. Mas cinco dos sete crimes já prescreveram em agosto de 2011, caso os envolvidos sejam condenados a pena mínima. O prazo prescricional no caso do mensalão começou a contar em agosto de 2007, quando a denúncia foi recebida.

UOL Cursos Online

Todos os cursos