Publicidade



:
China e Japão, cruzando a fronteira
Entrosada, defesa do Brasil não pode falhar contra o Paraguai, diz Parreira
Lucro da Eletrobrás cai 71% e fica em R$ 323 milhões em 2003
MSN reformula portal para brigar com Google e Yahoo!
'Scooby-Doo 2' lidera bilheterias dos EUA no fim de semana
Índia de Roraima vai à OEA contra governo brasileiro

Índice
Envie esta
notícia por email

Ministro Doudou ferido e general Guei morto em levante na Costa do Marfim
10h39 - 19/09/2002






ABIDJAN, 19 Set (AFP) - O ministro do Interior da Costa do Marfim, Emile Boga Doudou, um dos mais importantes membros do gabinete presidencial, foi ferido na quinta-feira durante um ataque a sua casa por emotinados do exército, informou uma fonte à AFP.

O antigo líder militar do país, general Robert Guei, acusado de estar por trás do levante militar desta quinta-feira, foi encontrado morto esta quinta-feira, informou o ministro da Defesa da Costa do Marfim, Moise Lida Kouassi.

O ministro revelou à AFP que a morte de Guei era "100% certa, e foi confirmada por três fontes. Acredito que ele tenha sido morto durante a luta" entre tropas do governo e soldados amotinados".

O corpo do general Robert Guei foi encontrado em uma estrada perto de um grande hospital em Abidjan, segundo o ministro.



Índice
LEIA SÓ
NOTÍCIAS DE:
Folha Online
UOL News
UOL Esporte
UOL Economia
UOL Tablóide
Mundo Digital
Veja Online
Vestibuol
UOL Diversão e Arte
UOL Música
Exame
BBC
The New York Times
Cox News Service
El País
Financial Times
Le Monde
Hearst Newspapers
The Boston Globe
TNYT News Service
USA Today
Consultor Jurídico
AFP Internacionais
AFP Negócios
AFP Esporte
AFP Diversão
Reuters Geral
Reuters Negócios
Reuters Esporte
Reuters Diversão
Lusa
UOL Rádios e TVs
UOL Corpo e Saúde
Notícias sobre o UOL
Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 2001 Agence France-Presse. Todas as informações
reproduzidas são protegidas por direitos de propriedade intelectual detidos pela AFP. Por conseguinte, nenhuma
destas informações pode ser reproduzida, modificada, armazenada, redifundida, traduzida, explorada comercialmente
ou reutilizada sem o consentimento prévio por escrito da AFP.