Publicidade



:
China e Japão, cruzando a fronteira
Entrosada, defesa do Brasil não pode falhar contra o Paraguai, diz Parreira
Lucro da Eletrobrás cai 71% e fica em R$ 323 milhões em 2003
MSN reformula portal para brigar com Google e Yahoo!
'Scooby-Doo 2' lidera bilheterias dos EUA no fim de semana
Índia de Roraima vai à OEA contra governo brasileiro

Envie esta
notícia por email
Índice

Missas criticam filme mexicano "El Crimen del Padre Amaro"
17h40 - 17/08/2002


Por Josefina Real

GUADALAJARA, México (Reuters) - As igrejas de Guadalajara, cidade conservadora do leste do México, celebrarão missas no domingo criticando a exibição do filme "El Crimen del Padre Amaro", baseado no romance do português Eça de Queiroz.

O México, com 102 milhões de habitantes, é o segundo maior país católico do mundo, atrás apenas do Brasil.

As missas também vão ser um "mea culpa" dos erros dos membros da Igreja. "As missas que serão celebradas no domingo serão em crítica às infidelidades dos membros da Igreja e também em crítica às ofensas contra a Igreja. Especialmente pelo filme que está sendo exibido", disse um comunicado da Arquidiocese de Guadalajara.

O filme estreou na sexta-feira em 400 cinemas do país e teve grande venda de ingressos. A trama contém cenas em que o padre Amaro -- vivido pelo jovem ator mexicano Gael García Bernal -- tem relações sexuais com uma adolescente de 16 anos sob o manto da Virgem Maria.

A garota acaba grávida e o padre a leva a uma clínica clandestina para que faça um aborto. O filme, dirigido pelo mexicano Carlos Carrera, mostra uma religiosa fanática tentando curar seu gato com uma hóstia.



Índice
LEIA SÓ
NOTÍCIAS DE:
Folha Online
UOL News
UOL Esporte
UOL Economia
UOL Tablóide
Mundo Digital
Veja Online
Vestibuol
UOL Diversão e Arte
UOL Música
Exame
BBC
The New York Times
Cox News Service
El País
Financial Times
Le Monde
Hearst Newspapers
The Boston Globe
TNYT News Service
USA Today
Consultor Jurídico
AFP Internacionais
AFP Negócios
AFP Esporte
AFP Diversão
Reuters Geral
Reuters Negócios
Reuters Esporte
Reuters Diversão
Lusa
UOL Rádios e TVs
UOL Corpo e Saúde
Notícias sobre o UOL
Reuters Limited - todos os direitos reservados. O conteúdo Reuters é de propriedade intelectual da Reuters Limited.
Qualquer cópia, republicação ou redistribuição do Conteúdo Reuters, inclusive por armazenamento rápido, enquadramento
ou outros meios semelhantes, estão expressamente proibidas sem o consentimento prévio por escrito da Reuters.
A Reuters não será responsável por quaisquer erros ou atrasos no Conteúdo,
ou por quaisquer medidas tomadas na ocorrência fos fatos ora descritos.