Publicidade



:
China e Japão, cruzando a fronteira
Entrosada, defesa do Brasil não pode falhar contra o Paraguai, diz Parreira
Lucro da Eletrobrás cai 71% e fica em R$ 323 milhões em 2003
MSN reformula portal para brigar com Google e Yahoo!
'Scooby-Doo 2' lidera bilheterias dos EUA no fim de semana
Índia de Roraima vai à OEA contra governo brasileiro

Envie esta
notícia por email
Índice

"Onda Lula" fortalece candidatura de José Cirilo no Ceará
19h40 - 20/10/2002


Por Luiz Henrique Campos, especial para a Reuters

FORTALEZA (Reuters) - A eleição no Estado do Ceará, disputada entre o senador Lúcio Alcântara (PSDB) e o vereador petista José Airton Cirilo, está indefinida.

Apesar de o candidato tucano ter tido 49 por cento dos votos no primeiro turno e Cirilo ter ficado em segundo com 28 por cento, o petista recebeu vários apoios e vem crescendo, favorecido pela "onda Lula".

Pesquisa do Ibope, veiculada na última quinta-feira pela TV Verdes Mares (afiliada da Globo no Ceará), confirmou a subida de Cirilo. De acordo com os números, Lúcio teria 47 por cento dos votos, contra 42 por cento do candidato do PT. O levantamento foi realizado entre os dias 13 e 15 deste mês, em 66 municípios do Estado, somando um total de 1.600 eleitores. A margem de erro da sondagem é de 2,5 pontos percentuais, o que aponta um empate técnico entre os dois.

O crescimento de Cirilo já vinha sendo verificado pela coordenação de Lúcio Alcântara. Prova disso é que o senador mudou o tom de seu discurso em aparições públicas e entrevistas no segundo turno.

No primeiro turno, o candidato manteve sua campanha em banho-maria, mas o que se nota agora é o acirramento dos ânimos, com Alcântara explorando denúncias contra supostas irregularidades na administração de Cirilo quando prefeito da cidade de Icapuí, no litoral cearense.

Outro ponto que tem sido explorado por Lúcio é o desvinculamento de sua candidatura da do presidenciável José Serra (PSDB-PMDB). O fato gerou uma verdadeira saia-justa em Quixadá, município visitado por Serra no último dia 15, quando ele recebeu como propaganda do candidato tucano ao governo do Estado um modelo de cédula eleitoral com o número e a foto de Lúcio, mas o espaço para presidente em branco.

Comprovando esta tentativa de desvinculamento, Lúcio compareceu desde a última quinta-feira a três lançamentos de comitês denominados Lu-Lu, criados por pessoas que apóiam Luiz Inácio Lula da Silva, da aliança liderada pelo PT, e Lúcio.

Ao falar sobre essas iniciativas, o tucano ressaltou que o eleitor é livre para fazer a combinação que quiser. Ele disse ainda que "talvez se o Lula estivesse em Fortaleza, ele estaria aqui, porque tem o maior respeito por todos os governadores, independente de partido".

Enquanto na campanha de Lúcio a coordenação tenta manter esta desvinculação, do lado de Cirilo a ordem é bater forte no slogan "Lula-lá, José Airton-cá".

Com a liderança absoluta do presidenciável petista no Ceará -- ele tem 73 por cento das intenções de voto, contra 21 por cento de Serra, segundo o Ibope --, o clima é de otimismo na vitória de Cirilo.

Apesar de Lula não ter ido ao Ceará no segundo turno, nos últimos dias a campanha de Cirilo tem recebido reforço das principais lideranças nacionais do partido. Já participaram de atividades com o petista o prefeito de Recife João Paulo, o senador eleito Aloizio Mercadante, Marina Silva, senadora pelo Acre, Jorge Viana, governador eleito do Acre, entre outros.

Na próximo terça-feira, o bispo Crivela, eleito senador pelo PL do Rio de Janeiro, deve ir ao Ceará para reforçar o apoio.

Mesmo assim, tem sido difícil para Cirilo explicar à militância petista por que Lula não foi ao Estado neste segundo turno. "O Lula virá na próxima semana, falta só definir a data", disse Cirilo na sexta-feira, irritado ao ser questionado novamente sobre o assunto.

Mas, mesmo com a certeza de Cirilo, Lula não deverá ir ao Ceará. Nos bastidores do partido fala-se que o apoio de Ciro Gomes a Lula teria sido vinculado ao não-comparecimento do petista ao Ceará para impulsionar a candidatura de Cirilo. Ciro apóia Lúcio Alcântara e a presença de Lula daria mais ânimo à militância do PT em favor de Cirilo.



Índice
LEIA SÓ
NOTÍCIAS DE:
Folha Online
UOL News
UOL Esporte
UOL Economia
UOL Tablóide
Mundo Digital
Veja Online
Vestibuol
UOL Diversão e Arte
UOL Música
Exame
BBC
The New York Times
Cox News Service
El País
Financial Times
Le Monde
Hearst Newspapers
The Boston Globe
TNYT News Service
USA Today
Consultor Jurídico
AFP Internacionais
AFP Negócios
AFP Esporte
AFP Diversão
Reuters Geral
Reuters Negócios
Reuters Esporte
Reuters Diversão
Lusa
UOL Rádios e TVs
UOL Corpo e Saúde
Notícias sobre o UOL
Reuters Limited - todos os direitos reservados. O conteúdo Reuters é de propriedade intelectual da Reuters Limited.
Qualquer cópia, republicação ou redistribuição do Conteúdo Reuters, inclusive por armazenamento rápido, enquadramento
ou outros meios semelhantes, estão expressamente proibidas sem o consentimento prévio por escrito da Reuters.
A Reuters não será responsável por quaisquer erros ou atrasos no Conteúdo,
ou por quaisquer medidas tomadas na ocorrência fos fatos ora descritos.