Britânicos são os mais anti-sociais da Europa

Ansa

LONDRES, 9 MAI (ANSA) - A Grã-Bretanha é apontada como um dos países com maiores problemas de comportamento anti-social da União Européia, segundo uma pesquisa publicada hoje.

A pesquisa, realizada pela companhia ADT e pelo Instituto contra o Crime Jill Dando da University College London (UCL), sustenta que para dois terços dos britânicos o consumo de bebidas alcoólicas em excesso contribui muito para o desenvolvimento de um comportamento anti-social.

De acordo com a pesquisa, 76% dos entrevistados na França, Alemanha, Grã-Bretanha, Itália, Holanda e Espanha consideram que os britânicos "têm um grande ou moderado problema" com relação ao comportamento anti-social. Depois aparece a França, com 75%, e a Alemanha, com 61%.

Na Grã-Bretanha, 95% dos consultados disse haver um problema "grande ou moderado" de comportamento anti-social no país.

A professora Gloria Laycock, do Instituto contra o Crime Jill Dando, declarou que a pesquisa "é um chamado de atenção" para os britânicos.

"Sabemos que o comportamento anti-social é um grande problema na Grã-Bretanha e o restante da Europa sabe disso perfeitamente. Esse estudo mostra que, para a maioria, o problema é gerado pelo consumo excessivo de álcool", acrescentou.

Na Europa, as três preocupações centrais com relação ao comportamento de seus habitantes são o vandalismo (70%), o comportamento anti-social (59%) e condutas desrespeitosas (58%).


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos