Morre aos 77 anos o filósofo francês Jean Baudrillard

da Redação

PARIS, 6 mar (AFP) - O filósofo francês Jean Baudrillard, um dos pioneiros franceses do pensamento pós-moderno e crítico feroz da cultura de consumo, morreu nesta terça-feira, em Paris, aos 77 anos, informaram seus familiares.

Eric Feferberg / AFP - 2001
O filósofo francês Jean Baudrillard em 2001
Baudrillard lecionou sociologia durante os anos 1960 e desenvolveu uma crítica pungente - e niilista, segundo alguns - da sociedade moderna e dos meios de comunicação em mais de 50 livros. Ele refutou o pensamento científico tradicional, e baseou sua filosofia no conceito de virtualidade do mundo aparente.

Um dos fundadores da revista "Utopie", ele publicou mais de 50 livros ao longo de sua carreira, dentre os quais "O Sistema dos Objetos" (1968), "A Sociedade de Consumo" (1970), "Simulacros e Simulações" (1981) e "América" (1997).

Ele alcançou repercussão na mídia em 1991, com a alegação deliberadamente provocativa de que a Guerra do Golfo "não ocorreu", argumentando que nenhum lado poderia cantar vitória e que o conflito não alterou nada no Iraque.

Os atentados de 11 de setembro de 2001, nos Estados Unidos, serviram de inspiração para que escrevesse "Réquiem para as Torres Gêmeas", em 2002, ano no qual publicou também "O Espírito do terrorismo".

Com agências internacionais

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos