Menino sobrevive mas perde pai; mãe está em coma

Da Redação Em São Paulo*

Um menino colombiano de oito anos sobreviveu ao acidente ocorrido no Aeroporto de Barajas, em Madri, na tarde de ontem. Seu pai, também colombiano, morreu e sua mãe, espanhola, está em coma, informou hoje a prefeita de Torralba de Calatrava (Espanha), onde morava a família.

Identificação de mortos em Madri levará ao menos 2 dias


A mãe, Gregoria Mendiola Rodríguez, está internada no hospital Ramón y Cajal. O menino foi internado no hospital Niño Jesus, com um ferimento na perna. Sua avó, que também morava em Torralba de Calatrava, viajou para Madri para visitá-lo. O menino "perguntava insistentemente por seus pais".

A família se cadastrou em Torraba de Calatrava em 2005 e viajava às Ilhas Canárias para passar uma semana de férias.

Entre os 19 sobreviventes, há outra cidadã colombiana residente na Espanha, Ligia Palomino, de 40 anos.

Segundo o jornal El País, uma funcionária do aeroporto de Barajas, que se identificou como Maria, relatou que no local do acidente atendeu uma menina, Maria, de 12 anos, e um garoto de oito anos que se identificou por Alfredo ou Afonso. Segundo a funcionária, as crianças não paravam de perguntar por seus pais.

O menino "estava muito inteiro" apesar do acidente, declarou a funcionária. Ele se queixava de algumas dores, mas "o que mais o preocupava era encontrar seus pais". Maria também perguntava insistentemente por sua mãe, que identificou como Amaya.

*Com informações da agência EFE

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos