Obama vira "Osama" em cédula eleitoral em condado de Nova York (EUA)

Da AP

Quem são os candidatos que concorrem à Casa Branca? Em um condado de Nova York (EUA), centenas de eleitores que votarão pelos correios receberam cédulas em que poderão escolher o candidato "Barack Osama".

As cédulas enviadas aos eleitores de Rensselaer identificam os dois candidatos à presidência dos EUA como "Barack Osama" e "John McCain". Nos Estados Unidos, o "Osama" mais conhecido é o Bin Laden, líder da organização terrorista Al-Qaeda, responsável pelos ataques de 2001 ao World Trade Center, em Nova York.

O departamento eleitoral divulgou um comunicado no qual lamenta o erro. "Foi um erro humano, muito infeliz, embaraçoso e vergonhoso para nosso departamento, certamente", disse o comissário democrata Edward McDonough, em entrevista por telefone. "Nós gostaríamos muito de voltar atrás, mas não temos como", completou.

Quando descobriram o equívoco, os oficiais destruíram o material que havia sobrado e enviaram a versão certa da cédula aos cerca de 300 eleitores que acabaram recebendo o papel com erro.

McDonough disse que a versão "Osama" compunha apenas um dos 13 malotes que foram distribuídos por todo o condado.

Eleitores que receberam as duas versões estão autorizados a votar em qualquer uma delas, de acordo com McDonough.

Blake Zeff, porta-voz de Obama, disse que a campanha está "feliz" que o erro esteja sendo corrigido e que espera que o equívoco não aconteça novamente.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos