No Fórum Social Mundial, Chávez diz não ter "ilusão" sobre Obama

Rodrigo Bertolotto Enviado Especial do UOL Notícias Em Belém (PA)

A participação, nesta tarde, de quatro presidentes sul-americanos no Fórum Social Mundial, que está sendo realizado em Belém (PA), acabou resvalando em Barack Obama, recém-empossado presidente dos Estados Unidos. Obama foi citado no discurso do presidente Hugo Chávez (Venezuela) no encontro "Diálogo Sobre a Integração da Nossa América", realizado no ginásio da Universidade Estadual do Pará. Além do venezuelano, também participaram os presidentes Evo Morales (Bolívia), Fernando Lugo (Paraguai) e Rafael Corrêa (Equador).
  • Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

    Ao lado dos presidentes do Paraguai, Fernando Lugo (esq.), e do Equador, Rafael Correa, Hugo Chávez, presidente da Venezuela (centro), discursa no FSM nesta quinta-feira


"O que eu espero dele é que ele respeite o povo venezuelano", disse Chávez sobre Obama. "Estamos em compasso de espera, mas não tenho muita ilusão porque o império está intacto. Acabar com a prisão em Guantánamo foi um sinal, mas ele tem que devolver o território para Cuba."

Sobre o antecessor de Obama, Chávez foi mais direto: "Bush foi para a lixeira da história como genocida".

O discurso de Chávez durou 40 minutos, o dobro do estipulado pela organização do evento. O venezuelano aproveitou em seu discurso o slogan do Fórum Social Mundial ("um outro mundo é possível") e disse "um outro mundo é necessário" e "um outro mundo está nascendo na América do Sul e é como um bebê que temos que cuidar".

Moeda e banco central únicos
Rafael Corrêa (Equador) defendeu a criação de uma moeda e um banco regionais para a América do Sul. "Não acreditamos em dogma, nem em fundamentalismo. Para cada doença, uma cura."

"Estamos vivendo um momento mágico, surgindo novos líderes e novos governos", afirmou o equatoriano. "É a segunda e efetiva independência, perto do bicentenário da primeira independência", disse Corrêa, em referência à independência política das colônias sul-americanas em relação à metrópole (Espanha).

O evento desta tarde atrasou cerca de 90 minutos. Uma vez na mesa, os presidentes assistiram uma apresentação teatral, encenada por movimentos sociais, e a um show de rap.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos