Pai de brasileira diz que polícia suíça pode estar desviando o foco dos acontecimentos

Do UOL Notícias Em São Paulo

Após a polícia e os peritos do hospital universitário da cidade de Zurique (Suíça) declararem que Paula Oliveira não estava grávida e levantarem a hipótese de automutilação, o pai da brasileira, Paulo Oliveira, afirmou que até agora só foram apresentadas suposições e que a polícia talvez esteja querendo desviar o foco do assunto, a fim de culpar a própria moça.

Segundo a Globo News, Paulo disse que nada de concreto até agora foi apresentado pela polícia e uma série de lacunas estão abertas. O pai da moça afirmou ainda que a polícia terá que apresentar definitivamente um laudo conclusivo e apresentar provas qualquer que seja a conclusão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos