"Lugo não hesitará em nos matar", acusa senador de oposição paraguaio

Do UOL Notícias Em São Paulo

Declarações polêmicas dominam o parlamento paraguaio, enquanto o presidente Fernando Lugo visita o Brasil. O senador de oposição, o colorado Juan Carlos Galaverna, declarou nesta quinta-feira (7) durante sessão ordinária que o presidente da República não hesitará em mandar assassinar os adversário do governo. "Fernando Lugo não hesitará em nos matar", disse ele, segundo o site "Ultimahora".

Em outro momento, o senador afirmou que as ameaças de bomba vêm do Executivo para servir de acusação a setores opositores.

Para Galaverna, muitos acham que Lugo "é o messias que veio salvar o Paraguai", mas ele hoje se deu conta de que "é o mal que vem".

Galaverna responsabilizou o chefe de Estado e sua equipe pelos últimos atentados e ameaças que foram registradas no departamento central (Assunção, Lambaré, São Lorenzo).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos