Califórnia mantém veto a casamento gay

Do UOL Notícias* Em São Paulo

A Suprema Corte da Califórnia (EUA) manteve nesta terça-feira o veto legal ao casamento de pessoas do mesmo sexo, confirmando a decisão dos eleitores que em novembro do ano passado votaram pela proibição deste tipo de união civil. Ao mesmo tempo, a Corte decidiu que serão mantidos todos os 18 mil casamentos gays que foram realizados no Estado.

Em maio do ano passado, a mesma corte havia considerado legal o matrimônio gay. Naqueles mesmo mês, um conjunto de organizações conservadoras se aliou para que a questão fosse levada a confirmação nas urnas.

Em novembro, quando os Estados Unidos elegeram seu novo presidente, 52% dos californianos votaram contra o reconhecimento constitucional deste tipo de matrimônio.

Com isso, todos os casamentos gays que haviam sido formalizados entraram em um limbo legal e diversas organizações liberais pediram que fosse examinada a constitucionalidade do veto, considerado discriminatório.

Hoje, o máximo órgão de Justiça do Estado entendeu que a vontade dos eleitores deve ser respeitada e emenda contra o casamento gay foi mantida.

As organizações de defesa dos direitos dos homossexuais já anunciaram intenção de voltar a submeter o tema a votação no prazo de um ano.

*Com informações do The New York Times, El País e agências internacionais

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos