Ataques dos EUA matam ao menos 45 insurgentes no Paquistão

Do UOL Notícias* Em São Paulo

Dois ataques com mísseis lançados por aviões não tripulados dos EUA no noroeste do Paquistão mataram ao menos 45 insurgentes talebans nesta quarta-feira (8), disseram oficiais de segurança. O exército norte-americano disse que o clérigo extremista Maulana Fazlullah pode ter sido ferido.

"Nós temos informações confiáveis de que Maulana Fazlullah foi ferido, mas não é possível confirmar se ele está vivo ou não", disse Athar Abbas, porta-voz do exército dos EUA.

Maulana Fazlullah é um clérigo radical que seria o arquiteto da insurgência no Vale do Swat, que já dura dois anos, segundo os analistas.

O ataque aconteceu no Waziristão do Sul, na fronteira afegã, região onde se encontra Baitullah Mehsud, líder do Taleban paquistanês e um aliado da Al Qaeda.

O exército do Paquistão está preparando uma ofensiva contra Mehsud, que os militares acreditam ser o responsável por 90% dos ataques terroristas no Paquistão. O governo disse que ele planejou o assassinato da ex-primeira-ministra Benazir Bhutto, em 2007.

Ataques com aviões não tripulados
Os Estados Unidos têm aumentado os ataques com aviões não tripulados no noroeste do Paquistão no último ano. Mas o Paquistão, oficialmente, nega os ataques em seu território, dizendo que eles violam a soberania do país e enfraquecem os esforços em combater os militantes por inflamar o ódio da população e encorajar o apoio aos militantes.

Nesta quarta-feira, ocorreram dois ataques com aviões não tripulados. Em um deles, houve disparos de vários mísseis em um comboio de militantes, disseram oficiais da inteligência paquistanesa.

Mais cedo nesta quarta-feira (8), aviões não tripulados dos EUA lançaram seis mísseis em um centro de treinamento dos extremistas no Waziristão do Sul. Ao menos seis insurgentes morreram, segundo oficiais da agência de inteligência e do governo.

* Com as agências internacionais

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos