Foguete atinge palácio presidencial no Afeganistão

Do UOL Notícias Em São Paulo*

Um foguete atingiu o palácio presidencial em Cabul e um segundo disparo acertou um quartel de polícia nesta terça-feira, mas não causou vítimas, afirmou uma fonte da polícia à agência Reuters. O primeiro foguete teria causado apenas alguns danos no interior do palácio, um edifício fortificado no centro da capital afegã.

Zabihullah Mujahid, porta-voz da milícia taleban no país, em uma mensagem enviada à Reuters por celular, afirmou que os guerrilheiros haviam disparado quatro foguetes na capital. E não deu mais detalhes.

Os atentados aconteceram apenas dois dias antes das eleições presidenciais, previstas para 20 de agosto. Um levantamento da BBC, divulgado na segunda-feira 17, indica que o governo afegão não tem o controle de 30% do território nacional. E as zonas eleitorais desta área não estariam completamente seguras para o pleito.

A rede de colaboradores do serviço afegão da BBC avaliou a situação dos mais de 350 distritos do país e chegou à conclusão de que em mais de cem deles falta segurança totalmente ou parcialmente.

O governo afegão, entretanto, afirma que será capaz de garantir a segurança em 6,5 mil dos 7 mil postos eleitorais do país, e que apenas nove ou dez distritos estão fora do alcance das forças de segurança.

Forças do governo afegão e soldados internacionais vão reforçar o patrulhamento para tentar garantir a segurança, embora o Talebã venha afirmando que vai tentar atrapalhar o pleito.

Nas últimas semanas, o grupo militante vem intensificando suas ações. No sábado, um atentado com um carro-bomba atribuído ao grupo matou sete pessoas em frente à sede da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) em Cabul, a capital do país, uma das áreas consideradas mais seguras e protegidas.

* Com informações da Reuters e da BBC Brasil.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos