Comissão de Relações Exteriores da Câmara aprova ida de grupo até Honduras

Do UOL Notícias* Em São Paulo

A Comissão de Relações Exteriores aprovou nesta quarta-feira requerimento dos deputados Ivan Valente (Psol-SP) e Fernando Gabeira (PV-RJ) para a criação de uma comissão externa para avaliar a situação da representação brasileira em Honduras, depois da decisão do presidente deposto Manuel Zelaya de se abrigar na embaixada do Brasil em Tegucigalpa - capital do país.

Para que serve a ida de deputados brasileiros a Honduras?



Para que a viagem seja realizada, a decisão ainda precisa passar pela Presidência da Câmara.

A embaixada está cercada por soldados e policiais antimotim desde ontem. Zelaya, que está na embaixada acompanhado da família e de partidários, disse que o governo hondurenho planeja invadir a embaixada para capturá-lo e assassiná-lo.

Ivan Valente argumenta que a Câmara deve tomar providências para defender os princípios democráticos nas Américas, "rechaçar todas as tentativas de desvirtuamento das instituições", e proteger a integridade da representação diplomática brasileira em Honduras.

Deputados do PPS e do Psol também propuseram a criação da comissão externa à Mesa Diretora. A Mesa Diretora ainda não decidiu sobre os dois pedidos.


*Com Agência Câmara

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos